Quem 'vendeu' o animal tentou impedir o crime

Uma cadela da raça Pit Bull foi morta a facadas neste domingo (18), pelo dono no Bairro Jardim TV Morena, em Campo Grande. Um vizinho, vendedor do animal, tentou socorrer a cadela sendo impedido pelo proprietário da casa.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, o vendedor do animal teria passado na tarde deste domingo (18) em frente à residência do autor quando o flagrou esfaqueando a cadela, que estava acuada em um canto do quintal.

O homem tentou, junto com a namorada, entrar na casa para resgatar o animal, mas foi impedido e ameaçado pelo morador com um facão. Ele ainda teria dito que buscaria uma arma de fogo para matar o casal.

A polícia foi acionada e conseguiu retirar o animal de dentro da residência, que foi levado para uma clínica veterinária, mas depois de três paradas cardíacas na mesa de cirurgia acabou morrendo.

Na residência estavam os quatro filhos do autor, todos menores de 10 anos, assustados após presenciarem a cena. O morador fugiu e não foi localizado pela polícia.

Foto: Divulgação Polícia Militar

Fonte: Midiamax

 

A Policia Militar Rodoviária da Base operacional de Amandina apreendeu na tarde de ontem um contrabando de cigarros, na MS-276 no distrito de Amandina em Ivinhema.

Conforme apurou o Site Ivinoticias, às 14h20min foi abordado em frente a base o veículo Fiat Uno com placas HRP-9987 de Nova Andradina-MS conduzido por Alexandro dos Santos de Sá de 30 anos morador na cidade de Nova Andradina tendo como passageira a senhora Maria Aparecida Andrade da Silva de 55 anos moradora em Nova Andradina, sendo que em revista no interior do veículo foi encontrado 230 pacotes de cigarros adquiridos no Paraguai.

Os cigarros foram recolhidos na base onde ficaram em custódia para posteriormente entregar na receita federal, após a apreensão o condutor e passageira foram liberados para seguir viagem com o veículo.

Fonte: Ivinoticias

 

Causas das chamas ainda serão analisadas pela perícia da Polícia Civil

Mãe e filho foram encontrados carbonizados na manhã de hoje (19), em Naviraí. De acordo com a Polícia Civil, a causa da morte de Aldinéia Ferreira da Silva, 32 anos, e do filho Vitor Gabriel da Silva, 11 anos, ainda serão investigadas, mas há suspeita de suicídio.

Conforme o site Sul News, os vizinhos de Aldinéia, na Rua Vidal de Negreiros, viram o fogo saindo de um dos cômodos da casa e acionaram o Corpo de Bombeiros. Quando o socorro chegou, os dois já estavam carbonizados. Os documentos das vítimas também queimaram no incêndio.

Segundo a polícia, o namorado de Aldinéia é mudo e vai prestar esclarecimentos por meio de intérprete. Ela morava com os pais, mas no momento do ocorrido só estava ela e o filho em casa.

Ainda não há informações sobre a causa das chamas, se foram criminosas ou um acidente. Há possibilidade também de um acidente com gás de cozinha ter causado o incêndio que matou mãe e filho. A perícia da Polícia Civil foi até o local e vai analisar as possibilidades para confirmar chance de homicídio ou acidente.

Os corpos foram encaminhados pela funerária para o Instituto de Medicinal Legal (IML) da cidade.

Fonte: Correio do Estado

 

PRF abordou suspeito na BR-463, em Ponta Porã

Um homem de 35 anos foi preso neste sábado (17), dirigindo um carro roubado e com dois revólveres escondidos dentro do estepe do veículo. O flagrante aconteceu na BR-463, em Ponta Porã.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), durante a abordagem, os policiais constataram que o motorista tinha entregue documentos falsos e verificaram que o veículo tinha sido furtado no município de Catalão, em Goiás, no mês de julho do ano passado.

Com essa informação, mais buscas foram feitas no carro e os agentes da PRF localizaram dois revólveres escondidos dentro do estepe do veículo.

Em sua defesa, o motorista alegou não saber de nada e que tinha ido até a fronteira para trazer um parente. Ele foi preso por tráfico internacional de armas e por receptação e uso de documento falso. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal de Ponta Porã.

Fonte: Correio do Estado

 

Projeto foi lançado em uma carta assinada por mais de 200 mulheres, entre elas as atrizes Kate Winslet, Emma Thompson e Keira Knightley

A atriz e ativista britânica Emma Watson doou 1.000.000 de libras para um fundo destinado a apoiar as vítimas de assédio e de abuso sexual. O Justice and Equality Fund (Fundo para a Justiça e a Igualdade) foi anunciado em uma carta aberta publicada na imprensa britânica. O texto é assinado por cerca de 200 mulheres, entre elas as atrizes Kate Winslet, Emma Thompson e Keira Knightley.

Iniciada com um “queridas irmãs”, a carta propõe um movimento internacional para acabar com a cultura de abusos exposta pelo escândalo envolvendo o produtor de cinema Harvey Weinstein. Nos Estados Unidos, surgiu uma iniciativa similar em janeiro, com um fundo de defesa jurídica da associação Time’s Up.

A página de arrecadação de fundos mostra a doação feita por Emma Watson, ex-estrela da saga Harry Potter e, hoje, embaixadora da Boa Vontade da ONU Mulheres. A atriz Keira Knightley e o também ator Tom Hiddleston doaram 10.000 libras cada um.

Os recursos do fundo serão usados para estabelecer uma rede de assessoria, apoio e projetos para perseguir os abusos em todos os setores profissionais. “Em um passado muito recente, vivíamos em um mundo no qual o assédio sexual era uma brincadeira incômoda, uma parte difícil e inevitável de ser uma menina, ou uma mulher”, explica a carta, publicada no jornal The Observer.

Na noite deste domingo, acontecerá a cerimônia do Bafta, o Oscar do cinema britânico. Na festa, a expectativa é que as estrelas repitam o protesto do Globo de Ouro, no mês passado, vestidas de preto em solidariedade às vítimas.

Fonte: Veja

 

O sindicato dos bancários de São Paulo e Osasco anunciaram que vão paralisar as atividades nesta segunda-feira (19) em protesto contra a reforma da Previdência. O ato foi mantido mesmo após o projeto sair da pauta da Câmara dos Deputados por conta da intervenção federal na segurando do estado do Rio de Janeiro.

Segundo a Folha de S. Paulo, a paralisação dos bancários pode atingir agências de bancos públicos e privados nos seguintes municípios: São Paulo, Barueri, Carapicuíba, Caucaia do Alto, Cotia, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jandira, Juquitiba, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, São Lourenço da Serra, Santana do Parnaíba, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista.

O sindicato informou que 88% dos bancários votaram pela greve durante assembleias realizadas entre os dias 8 e 15 de fevereiro. Eles se juntarão às centrais sindicais em uma manifestação às 16h na avenida Paulista.

A Febraban (Federação Nacional dos Bancos) orienta os clientes de agências afetadas pela greve a utilizarem meios eletrônicos para pagar contas e fazer movimentações de valores.

O governo federal previa votar a reforma da Previdência nesta segunda-feira (19), mas a Constituição não pode ser alterada na vigência de uma intervenção federal. Espera-se que a intervenção no Rio seja votada pelo Congresso nesta segunda ou terça-feira (20).

Fonte: Noticias ao Minuto

 

E com a revelação de que Renato (Rafael Cardoso) é o grande vilão de “O outro lado do paraíso”, resta a Gael (Sergio Guizé) se transformar num mocinho para lutar pelo coração de Clara (Bianca Bin). Para isso, ele se alia a ela contra Sophia (Marieta Severo).

Gael procura a ex-mulher e conta a ela que Sophia pretende vender uma esmeralda gigante para um comprador estrangeiro de forma ilegal. Clara aparece lá com a polícia, que apreende a joia e lhe aplica uma multa. Sophia, que não é presa, diz que Clara vai pagar por isso. "Está contente, Clara? Queria me prejudicar e conseguiu. Apreensão, multa. Fica me devendo essa", fala. "Não, Sophia. Você é que me deve muitas. Ainda vai ter o que merece", responde Clara, satisfeita.

Fonte: Extra

 

Estavam atrás de um cofre

Uma família moradora do Bairro Jardim Tarumã, em Campo Grande, foi surpreendida na noite deste domingo (18) por três bandidos armados e encapuzados, que estavam atrás de um cofre.

A moradora contou que foi surpreendida pelos ladrões por volta das 23 horas quando já estava deitada em sua cama. Ela disse que a porta da residência estava destrancada já que estava à espera do filho, que ainda não tinha retornado para casa.

Os ladrões perguntavam a todo o momento pelo cofre que havia na residência, além de armas e joias. A vítima e a filha foram amarradas com fido de ventilador e trancadas dentro de um quarto.

Os bandidos fugiram levando o carro da família, um Fiat Uno, e vários objetos. O caso foi registrado na Depac (Delagacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Piratininga.

Fonte: Midiamax

 

Vítima foi espancada ao comemorar gol do Comercial no clássico da Capital

O gandula Tadeu Francisco Kutter, de 19 anos, denunciou à Polícia Civil o jogador do Operário Jeferson Reis de Jesus, de 22 anos, e o massagista do clube Raul Prazeres dos Santos Neto, 51, por agressão.

A vítima foi espancada na tarde de ontem, no estádio Morenão, em Campo Grande, ao comemorar de forma provocativa o gol do Comercial, equipe pela qual atua como atleta das categorias de base.

O clássico, válido pela sétima rodada do Campeonato Sul-Mato-Grossense de Futebol, era transmitido ao vivo para todo Estado, quando Jô marcou o gol da vitória colorada aos 45 minutos do segundo tempo.

Conforme relatado no boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Vila Piratininga, Tadeu teria feito gestos à torcida do Operário e ao banco de reservas.

Raul se sentiu provocado e foi tirar satisfações, ocasião em que supostamente teria sido agredido verbalmente. Em revide, deu soco no rosto do gandula que correu, sendo perseguido por jogadores que estavam no banco.

Um deles atingiu o rapaz com um chute na perna, derrubando-o atrás do gol. Em seguida Jeferson se aproximou e começou a agredir a vítima caída. Conforme registrado nas imagens da emissora, o jogador fica sobre o gandula, golpeando-o no rosto e na cabeça.

A situação só não foi pior porque outro jogador do Operário conteve Jeferson, uma vez que a equipe do Comercial se aproximava. Houve início de tumulto entre os atletas, mas nada que resultasse em briga mais grave. Foi preciso intervenção do Batalhão de Choque da Polícia Militar.

Tadeu sofreu lesão no nariz. Na delegacia, ele afirmou que o preparador de goleiros e até mesmo o experiente jogador Rodrigo Grahl teriam o atacado também. Outro gandula também foi alvo de agressões. Tanto a vítima quanto os autores estiveram na delegacia acompanhados de advogados. O caso é investigado.

Fonte: Correio do Estado

Um homem foi esfaqueado na tarde deste domingo (18) no Conjunto Habitacional Santa Terezinha.

Conforme apurou o Site Deodapolisnews, a Policia Militar de Deodápolis foi acionada por um funcionário do hospital municipal Cristo Rei, para averiguar um individuo que foi esfaqueado e estava sendo atendido, no local ficou constatado que W.L.P. de 21 anos estava sendo medicado, no qual informou que estava em um bar no Conjunto Habitacional Santa Terezinha, quandoo foi atacado por E.G.S. de 24 anos que chegou ao local e o agrediu com uma facada na região do tórax.

Segundo a vitima o motivo da briga teria sido uma discussão no dia anterior, no qual a vitima expulsou o autor do bar, já que o autor tinha terminado o namoro com sua irmã.

A PM com posse das informações começou a fazer as diligencia em busca do autor do crime, que foi encontrado na sua casa, mas ao perceber a presença da policia fugiu pulando o muro, mas a guarnição de forma ágil conseguiu prender o meliante na mesma quadra.

O autor da tentativa de homicídio foi preso encaminhado à delegacia de policia civil com cortes dos dedos em decorrência da briga no bar, para as devidas providencias.

Fonte: DeodapolisNews

Pagina 1 de 165

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top