Na madrugada desta segunda-feira, dia 21 de janeiro, o Brasil poderá ver um eclipse lunar total – quando Sol, Terra e Lua se alinham e nosso planeta faz sombra sobre o satélite. O fenômeno será parecido com o que vimos em julho de 2018, mas poderá ser observado por mais tempo em todas as cidades do país.

O eclipse começa à 00h36. A fase da umbra – quando a sombra do Sol começa a ser observada na Lua tem início à 01h33. Às 03h12, o satélite estará na fase total máxima. A fase parcial segue até às 04h50 e tudo termina às 5h48.

Diferente de um eclipse solar total – quando o que é "escondido" é o Sol – a observação da versão lunar não exige um óculos de proteção. A visão da Lua é a olho nu. Um binóculo ou uma luneta simples podem ajudar. É mais fácil de assistir em áreas menos iluminadas – campos e praias – e com o horizonte livre.

"Quando o eclipse começar, a Lua vai estar alta. Mas quando a fase total começar, ela já vai estar no lado oeste do céu, e é pra lá que as pessoas precisam olhar", disse Josina Nascimento, pesquisadora do Observatório Nacional.

Mais próxima

A Lua também estará próxima de seu perigeu – ponto de sua órbita mais perto da Terra. Por isso, ela parecerá maior para quem a observa da perspectiva do nosso planeta. Quando isso acontece, o fenômeno é chamado de "superlua".

"O perigeu será no dia 21, às 18h, horário de Brasília. E a gente considera superlua quando esse perigeu acontece no mesmo dia, no dia anterior, ou até no dia seguinte da lua cheia", explicou Josina.

Lua de sangue

Em todo eclipse lunar total se observa a chamada "lua de sangue" – termo usado popularmente, mas não adotado tecnicamente pelos astrônomos, e que se refere ao tom avermelhado que a Lua assume quando entra na fase máxima de sombreamento. Essa mudança de cor é provocada pelos mesmos fatores que fazem o céu ser azul.

Nesta segunda, a Lua deverá assumir essa tonalidade na fase total do eclipse. Sol, Terra e Lua ficarão alinhados, e nosso planeta bloqueará a passagem dos raios solares até o satélite. A forma como a luz de cores vermelho e laranja é "desviada" ao passar pela atmosfera da Terra e reflete na Lua, criando o tom da "lua de sangue".

Próximo eclipse lunar total

O mundo verá o próximo eclipse total da lua só em 2021 – com possibilidade de observação parcial no Brasil. Outros fenômenos parciais acontecem antes. No Brasil, um eclipse total plenamente visível ocorrerá apenas em 16 de maio de 2022.

Em compensação, teremos um eclipse solar total "aqui do lado" no dia 2 de julho: a Lua passará entre o Sol e a Terra, "tampando" sua luz. O Sol ficará escuro por alguns minutos, os animais se escondem, um fenômeno bastante raro. Ele poderá ser observado em uma faixa que vai do Chile até a Argentina.

"Eclipse solar é mais interessante, porque ele só acontece em uma faixa muito pequena na Terra. É diferente da Lua: quem está vendo a Lua no horário, está vendo o eclipse", disse Josina. "Ele é muito mais raro. Poucas pessoas já viram um eclipse total do Sol uma vez, e pouquíssimas viram duas vezes na vida. Isso porque ele não vai passar duas vezes no mesmo lugar tão cedo".

Fonte: Dourados News

 

A demora por uma reação consistente por parte de Flávio Bolsonaro está causando "grande desconforto" entre setores do governo

A falta da apresentação de uma justificativa "plausível" para os depósitos de R$ 96 mil na conta do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, incomodou integrantes da equipe do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. Nesse sábado, 19, Flávio visitou o pai no Palácio da Alvorada. Havia a expectativa de que o parlamentar desse explicações após o encontro.

A demora por uma reação consistente está causando "grande desconforto" entre setores do governo. Além do grupo de Moro, militares não escondem o incômodo, apesar de manterem a defesa enfática do presidente. Para eles, esta "não é uma crise do governo", mas há a avaliação de que a repercussão sobre as movimentações atípicas detectadas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) pode atingir a imagem do presidente.

Um dos interlocutores de Bolsonaro ouvidos pelo jornal O Estado de S. Paulo afirmou que continua valendo "a máxima de que a mulher de César não precisa apenas ser honesta, mas tem de mostrar que é honesta".

Entre os interlocutores próximos do presidente, era esperado que, ainda na tarde deste sábado, Flávio se manifestasse sobre o relatório do Coaf revelado na sexta-feira pelo Jornal Nacional, da TV Globo.

Segundo a reportagem, o Coaf detectou 48 depósitos suspeitos feitos em dinheiro na conta pessoal do deputado, no valor total de R$ 96 mil. Os repasses foram feitos entre junho e julho de 2017 em um caixa eletrônico da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

O jornal O Estado de S. Paulo mostrou neste sábado que as investigações do caso Coaf começaram há seis meses e envolvem esquemas suspeitos de "lavagem de dinheiro e ocultação de bens".

Reação

Parte do governo avalia que o objetivo da investigação do Ministério Público do Rio é atingir a imagem de Bolsonaro. Desde a sexta-feira, o presidente tem se mostrado "chateado" com o que considera "ataques" contra seu filho.

Para um grupo próximo a Bolsonaro, a cada hora que passa sem explicações, a contaminação acaba sendo inevitável.

Em sua página no Facebook, Flávio Bolsonaro atacou o Ministério Público do Rio dizendo que seu sigilo bancário foi quebrado "sem autorização judicial" e "vazados propositalmente".

"A história que inventaram sobre os depósitos em minha conta, querendo insinuar que possuem alguma relação com meu ex-assessor, é uma mentira deslavada que terei o prazer de derrubar com provas reais e documentais", escreveu o senador eleito.

Fonte: Noticias ao minuto

 

Outros dois homens morreram e cinco pessoas ficaram feridas na colisão que aconteceu na tarde deste domingo


Uma das vítimas do acidente da tarde deste domingo (20) na BR-262 é uma ciclista que passava pelo local no momento da colisão. Segundo informações preliminares, ela foi atropelada depois o Ford EcoSport invadiu a contramão e atingiu outros dois veículos, um Honda CRV e um Gol.

O acidente, que aconteceu a cerca de cinco quilômetros da entrada de Anastácio, resulto na morte da ciclista, de dois homens e deixou ainda cinco pessoas feridas.

Informações preliminares apontam que o motorista da EcoSport seguia em direção a Capital quando teria invadido a pista contraria e atingido os outros dois veículos. Com a colisão o CRV saiu da pista e atropelou a ciclista, que estava no acostamento da rodovia. A mulher ficou embaixo do veículo e não resistiu aos ferimentos.

O Gol também saiu da rodovia e só parou em meio ao matagal nas margens da BR-262. No EcoSport, dois homens ficaram presos as ferragens e morreram no local. Outras cinco pessoas foram socorridas e levadas para o hospital de Aquidauana. Até o momento, nenhuma das vítimas foi identificada.

Conforme o Corpo de Bombeiros, a suspeita é que o motorista EcoSport tenha dormido ao volante. Os dois sentidos da pista ficaram completamente interditados, causando um congestionamento de três quilômetros de cada lado. Após mais de uma hora de espera, os motorista foram orientados a seguirem viagem por uma rota alternativa.

Fonte: Campo Grande News

 

Dois homens e uma mulher morreram no local

Um acidente na tarde deste domingo (20) acabou com três pessoas mortas e cinco presas nas ferragens, na BR-262, em Anastácio – a 134 quilômetros de Campo Grande. Três carros se envolveram na colisão.

Ainda não se sabe o que teria causado o acidente, mas segundo o capitão do Corpo de Bombeiros Vinicius Gonçalves, a princípio teria sido uma colisão frontal. Dois homens e uma mulher morreram no local do acidente e cinco pessoas que ficaram presas nas ferragens foram resgatadas. As vítimas não tiveram a identidade revelada.

Segundo o capitão ainda não é possível saber como aconteceu a colisão frontal. Três carros se envolveram no acidente um veículo Volkswagen Gol, um Ford Ecosport e um Honda CRV, que foi parar em meio a um matagal às margens da rodovia.

Fonte: Midiamax

 

A próxima contratação do Flamengo está perto de ser anunciada. O clube acertou com o Santos a compra do atacante Bruno Henrique. O jogador é esperado para a realização de exames médicos e, se aprovado, assinar contrato por três temporadas. O quarto reforço rubro-negro em 2019 deve se juntar ao elenco ainda esta semana.

De acordo com o site “Globoesporte.com”, a negociação foi concluída por R$ 23 milhões, que serão pagos em três parcelas. Além disso, ficou acertado o empréstimo por um ano do volante Ronaldo para o Santos. Caso o clube da Vila Belmiro queira comprá-lo ao término deste período, os direitos econômicos foram fixados em 3 milhões de euros (cerca de R$ 12,7 milhões).


Embora estivesse negociando o atacante, o Santos diz que ele era esperado na concentração do time para o jogo contra a Ferroviária, ontem. Só que o atleta não compareceu. O episódio aumentou ainda mais o desgaste entre a diretoria santista e o técnico Jorge Sampaoli, que não aprovou a forma como a venda foi conduzida. Em nota, o clube negou que o treinador não tivesse sido avisado da negociação.

“O Santos FC não liberou o atleta Bruno Henrique da partida contra a Ferroviária, neste sábado, na Vila Belmiro. O técnico Jorge Sampaoli foi avisado sobre a possível negociação do atleta, porém, ele atuaria normalmente no jogo de estreia do Campeonato Paulista. A ausência na apresentação foi responsabilidade do jogador e de seu empresário”, diz o Santos.

Fonte: Extra

 

Na tarde deste sábado a Policia Militar Rodoviária da base operacional de Amandina e a Policia Militar realizaram a apreensão de 108 quilos de maconha dividida em 7 fardos em um carro na MS-276.

Conforme apurou o Site Ivinoticias, por volta das 13h00min deste sábado (19), um policial militar de Amandina informou a equipe de serviço da Base Operacional Rodoviária de Amandina que fazia rondas na região de uma empresa de silos e avistou um veículo Fiat/Stilo, ostentando placas de São Paulo (SP), sem nenhum ocupante, com o capô e porta traseira aberta e, ao se aproximar do automóvel para averiguação, avistou vários fardos de substância análoga a maconha.

Os policiais militares estaduais (PMR) se deslocaram com o PM ao local informado na MS 276, onde em vistoria no Stilo, encontraram 7 fardos de maconha e, depois de pesados, totalizou 108 kg (cento e oito quilogramas). O Boletim de Ocorrência foi confeccionado e será encaminhado, juntamente com o entorpecente e o veículo na Delegacia de Polícia Civil de Ivinhema, para medidas cabíveis ao fato.

Fonte: Ivinoticias

 

 

Acidente aconteceu na SP-304 em Americana

Um casal de namorados morreu em um acidente no km 127 da Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304), em Americana (SP). O carro em que eles estavam despencou do viaduto sobre a linha férrea. As vítimas foram identificadas como Ana Paula Braga, de 36 anos, e Dimas Henrique Marques Argentin, de 27 anos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente ocorreu por volta das 5h deste domingo (20) e o local fica perto do acesso para Nova Odessa (SP) .

Os bombeiros informaram ainda que o veículo Hyundai i30 despencou por um vão entre a rodovia e a linha do trem que passa abaixo da SP-304, uma altura de 15 metros. Não foi identificado nenhum outro veículo envolvido no acidente.

Segundo o G1, o homem estava dirigindo e a mulher estava no banco do passageiro. O casal morreu no local.

A Perícia da Polícia Civil vai investigar as causas do acidente.

Fonte: Noticias ao minuto

 

É com pesar que a UNIPAX comunica o falecimento do Senhor ALMERINDO RODRIGUES DE MATOS, da linha Agua da Onça, seu corpo esta sendo velado na Capela da UNIPAX. O mesmos será transladado para Angelica - MS, amanha (21) as 06:00 horas, onde será sepultado as 11:00 horas.

Aos seus familiares e amigos, o portal de noticias ValemsNews e a UNIPAX, manifesta profundo respeito e rogando a Deus traga conforto aos corações enlutados. Desejamos que a paz, o consolo e a força da fé reinem no meio de todos, primando o amor a Deus sobre todas as coisas para que o Senhor Almerido descanse em paz.

 

 

A Policia Militar de Ivinhema, na noite deste sábado (18), através da 2º CIA PM de Ivinhema, recuperou um veículo furtado assim que recebeu a denúncia de furto do mesmo.

A vítima informou que estava regressando do culto para sua residência e trafegava pela Avenida Teodoro de Oliveira e ao passar no quebra-molas dois indivíduos de posse de uma espingarda anunciaram o assalto levando a moto sentido bairro Triguenã.

A equipe da Policia Militar imediatamente saiu em buscas pelo bairro, logo avistaram dois indivíduos de posse da referida moto, que ao perceber a aproximação da polícia abandonaram a moto e empreenderam fulga pulando os muros das casas, não sendo possível encontrar e prender os autores.

Diante dos fatos o veículo foi apresentado na Delegacia de Polícia de Ivinhema-MS que investigará o caso.

Fonte: Assessoria de comunicação Social do 8º BPM

 

Lula tem negado as acusações de Palocci e afirma que o ex-ministro mente em delação premiada

Carlos Alberto Pocento e Claudio de Souza Gouveia, ex-motoristas do ex-ministro Antonio Palocci, corroboraram, em depoimento, com as declarações do delator sobre supostas entregas de dinheiro ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Eles narraram à Polícia Federal 'entregas de valores' e de caixas de whisky ao petista, chamado por Palocci de 'barba', no aeroporto de Brasília e na sede do Instituto Lula.

Eles falaram à Polícia Federal do Paraná no dia 30 de agosto de 2018, para prestar esclarecimentos sobre fatos investigados na Operação Lava Jato. O depoimento se deu um mês depois de o relator no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, João Pedro Gebran Neto, homologar a colaboração premiada do ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil dos governos petistas.

Em depoimento prestado ano passado, Palocci afirmou ter repassado 'em oportunidades diversas' cerca de R$ 30 mil, R$ 40 mil, R$ 50 mil e R$ 80 mil em espécie para o próprio Lula'. Palocci detalhou duas entregas de dinheiro a Lula, uma no Terminal da Aeronáutica, em Brasília, no valor de R$ 50 mil 'escondidos dentro de uma caixa de celular'. A outra entrega teria ocorrido em Congonhas. Ele contou que recorda-se que a caminho do aeroporto 'recebeu constantes chamadas telefônicas de Lula cobrando a entrega'.

Segundo Palocci, os repasses a Lula teriam ocorrido em 2010. O ex-ministro relatou uma conversa que teria tido com Marcelo Odebrecht na qual o empresário acertou o repasse de R$ 15 milhões para o ex-presidente depois que a empreiteira entrou no negócio de Belo Monte.

Um dos motoristas de Palocci, Claudio de Souza Gouveia, que trabalhou para o ex-ministro desde 2002, 'na época de transição do governo Fernando Henrique Cardoso', respondeu à PF 'que foram muitos os episódios em que o depoente conduziu Antonio Palocci Filho até a base aérea de Brasília/DF para levar objetos, presentes, mimos a Lula'.

Ele afirma que 'havia pressa nos deslocamentos' e disse se 'recordar de caixas de Whisky, de celulares, de canetas, por exemplo', mas que, 'no entanto, nunca soube se as caixas continham efetivamente celulares e garrafas de Whisky ou outros conteúdos'.

Segundo Gouveia, 'muitos desses episódios, Palocci deixava apenas os objetos com Lula no terminal ou no avião e, após alguns minutos, voltava ao carro'.

O motorista ainda detalha que Palocci carregava dinheiro em seu veículo e que 'recebia, quando necessário, recursos para combustível, por exemplo'

Gouveia relata 'que Palocci também carregava recursos para gastos com comitê da campanha, por exemplo e que em algumas poucas oportunidades também constatou Palocci carregando quantidades elevadas de recursos'.

Segundo o motorista, 'em algumas oportunidades, Palocci informava que estava carregando documentos, ao mesmo tempo que sinalizava, quando pronunciava a palavra "documentos", gesto que sinalizava dinheiro, feito com o dedão e o indicador da mesma mão'.

Já Carlos Alberto Pocente diz que 'em oportunidades diferentes em que o depoente levou Antonio Palocci Filho e Branislav Kontic à sede do Instituto Lula, ouviu afirmações proferidas por Palocci para Branislav relacionadas a valores para o "barba"'.

Indagado pelos investigadores sobre quem seria o personagem identificado por "barba", ele 'respondeu que, pelo contexto em que os assuntos eram tratados, referia-se ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva'.

Fonte: noticias ao minuto

 

Pagina 1 de 332

Salvar

 

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top