PF cumpre 31 mandados de condução coercitiva para evitar fraudes no Enem

12 Novembro 2017
(0 votos)
Autor 
Abertura dos portões para a prova do Enem na Uninove da Barra Funda Foto: Paulo Pinto / Agência O Globo

BRASÍLIA - O delegado da Polícia Federal (PF) Franco Perazzoni informou que foram cumpridos neste domingo 31 mandados de condução coercitiva e 31 de busca e apreensão tendo em vista impedir fraudes no Enem. Os alvos já eram monitorados e estavam fazendo prova hoje. Não houve prisões. As ações ocorreram em 13 estados: Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Além dos 31 conduzidos para depor, houve um flagrante em Londrina (PR) de candidato com celular. Ele foi eliminado e também conduzido à delegacia.A PF ficou de olho, por exemplo, em pessoas que já eram investigadas por fraudes em outras edições do Enem e também concursos públicos. Assim, passou a monitorá-las. Questionado sobre quantos dos alvos eram pilotos - que fazem a prova para repassar informações - e quantos eram beneficiários, o delegado respondeu:

- É um pouco complexo definir. Mas, em princípio, houve tanto pilotos como beneficiários. Uma das conduzidas admitiu que fraudou o Enem de 2015 - afirmou.

Segundo ele, porém, não houve fraude este ano. Isso será apurado devidamente ao longo das investigações.

- Dentro daquilo que acompanhamos, não teve nada - resumiu o delegado.

O ministro da Educação, Mendonça Filho, preferiu apontar para a segurança do exame:

- Foi o mais seguro dos últimos anos - disse.

O delegado acrescentou que nenhum candidato estava portando escutas.

Fonte: Extra

234 : Visualizações
Redação

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top