Queda de 5% no preço do gás de cozinha terá efeito mínimo

19 Janeiro 2018
(0 votos)
Autor 
Preços dos produtos poderão ter queda nas revendas, após ano de reajustes pesados para bolso do consumidor brasileiro - Foto: Gerson Oliveira / Correio do Estado

Redução será insuficiente para reverter alta de 9,4% no último ano

A partir de hoje, o preço do Gás Liquefeito de Petróleo será reduzido em 5% nas refinarias, com base em novos critérios definidos pela Petrobras. A estatal estima que o preço médio do GLP residencial sem tributos comercializado nas refinarias será equivalente a R$ 23,16 por botijão. Caso seja repassado integralmente aos revendedores em Campo Grande, isso deve representar recuo de R$ 3,84 no preço do produto, com o botijão saindo de R$ 76,44, em média, para R$ 72,61. Mesmo assim a queda é pequena diante dos aumentos, que em um ano chegaram a 9,4%. Em janeiro de 2017, o valor médio do botijão na Capital era de R$ 66,34.

No Estado, o valor médio deverá cair de R$ 75,60 para R$ 71,82. Apesar do decréscimo, ainda poderá ficar 12% mais caro que o preço praticado no mesmo período do ano passado.

Novos critérios

A Petrobras anunciou que passará a reajustar o valor do gás de cozinha a cada três meses, em vez de todo mês, alterando a política de preços que vigorou entre junho e dezembro do ano passado. De acordo com a Petrobras, a mudança visa “suavizar os repasses da volatilidade dos preços ocorridos no mercado internacional para o preço doméstico”.

Pedro Parente, presidente da companhia, disse que a decisão é “puramente empresarial”.

Fonte: Correio do Estado

826 : Visualizações
Redação

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top