Quadrilha é detida com armas, veículos, furto de gado e abate

24 Junho 2018
(0 votos)
Autor 
Armas, facas e carnes apreendidas / Imagens: PMA/Divulgação

Policiais da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Aquidauana realizavam fiscalização na noite deste sábado (23), a 55 km da cidade, em uma estrada vicinal que dá acesso ao pesqueiro Toca da Onça e detiveram três pessoas por furto e porte ilegal de armas.

A PMA abordou os homens que estavam em um veículo e duas motocicletas, marca Honda. Em um veículo Ford/Verona foram encontradas várias sacolas com carne de gado, além de facas, facões e chairas. Nas proximidades das motocicletas, foram encontradas à margem da estrada, quatro armas com munições, sendo duas espingardas calibre 22, um revólver calibre 38 e outro revólver calibre 32. Os suspeitos confessaram que teriam abatido um novilho à beira da cerca, divisória da estrada, em uma fazenda próxima do local.

As armas e munições não possuíam documentos e foram apreendidas, além dos três veículos, a carne do animal abatido, as facas, facões e chairas. Este tipo de material indica que os indivíduos saíram para realizar furto de gado [abigeato] e até caça de animais silvestres.

A PMA deu voz de prisão aos infratores, de 37, 20 e apreendeu um adolescente de 17 anos, residentes em Anastácio, e os encaminhou, juntamente com o material apreendido, à Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana, onde eles foram autuados em flagrante por furto e por porte ilegal de arma. A pena de abigeato é de dois a cinco anos de reclusão. O crime de porte ilegal de arma é de dois a quatro anos de reclusão.

Um dos infratores não possuía documento e afirmou ter apenas 17 anos. Ele inicialmente responde por atos inflacionais pelo mesmo tipo penal dos dois maiores, com as mesmas penalidades.

220 : Visualizações
Redação

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top