Supersalários da previdência de MS chegam a R$ 68 mil

22 Fevereiro 2019
(0 votos)
Autor 
Governo teve de aportar R$ 89 milhões para cobrir rombo previdenciário de dezembro - Foto: Arquivo / Correio do Estado

Pagamento pode estar inviabilizando investimentos em outras áreas

O pagamento de supersalários no regime próprio de previdência pode estar inviabilizando investimentos e direcionando recursos de outras áreas da administração pública para cobrir o rombo no sistema. Para se ter uma ideia, somente na categoria dos auditores-fiscais, ligados à Secretaria de Estado de Fazenda, dos cinquenta maiores salários, quarenta são destinados a aposentados ou pensionistas. O maior deles é de R$ 68.797,00, que todos os meses fica em R$ 32.132,56, valor ainda muito acima do teto do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que é de R$ 5,9 mil.

Em Mato Grosso do Sul, neste ano, o Poder Executivo precisará aportar, pelo menos, R$ 1,16 bilhão na Agência Estadual de Previdência (Ageprev) para permitir que os inativos recebam em dia. A quantia equivale a 7% do orçamento do Estado para este ano, que será de R$ 15,04 bilhões.

TOP 50 SALÁRIOS

O Correio do Estado teve acesso a levantamento com os cinquenta maiores salários pagos para os servidores da Sefaz. Só dez desta lista estão em atividade, os outros quarenta são aposentados ou pensionistas. Por mês, levando em consideração o teto constitucional, o custo com pagamento de salários apenas destes quarenta beneficiários passa de R$ 1 milhão. Há 29.625 aposentados e pensionistas no Estado.

Fonte: Correio do Estado

1770 : Visualizações
Redação

Salvar

 

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top