Mundo (367)

Tragédia aconteceu na manhã desta terça (14), próximo à cidade de Gênova, norte do país; as autoridades tentam retirar pessoas dos escombros e mais de 400 pessoas estão desabrigadas

Um enorme viaduto desmoronou na manhã desta terça-feira (14) próximo à cidade de Gênova, norte da Itália. Pelo menos 26 pessoas morreram, de acordo com o governo da Liguria, entre elas, uma criança. Há 15 feridos, 9 deles em estado grave.

Bombeiros e autoridades de resgate seguem no local trabalhando à procura de vítimas. O número de óbitos deve aumentar, dizem as autoridades.

O governo da Liguria também informou que 432 pessoas, de 11 prédios, estão desabrigadas após a queda da ponte.

O vice-primeiro-ministro da Itália e ministro do Interior, Matteo Salvini, disse que 200 bombeiros estão tentado resgatar as pessoas vítimas do desabamento.

Luigi D'Angelo, funcionário da Defesa Civil italiana, disse à Reuters que havia cerca de 30 carros e entre 5 a 10 caminhões no trecho que desabou.

A Autostrade per L'Ialia, empresa responsável pela rodovia, disse que vai "trabalhar com as autoridades" para descobrir as causas do acidente, segundo a agência Reuters. Segundo o site “24 ore”, a queda pode ter sido causada por uma falha estrutural decorrente do mau tempo e de fortes chuvas que atingem o local.

O “Corriere della Sera” relata que as pistas caíram no chão por uma altura de aproximadamente cem metros: A ponte é a A-10, que liga Gênova a Ligúria, onde chove sem parar. A Defesa Civil havia inclusive declarado o alerta laranja. O viaduto foi construído em 1967.

Nas redes sociais, internautas que estão em Gênova compartilham imagens da tragédia. Confira algumas fotos abaixo:

Fonte: Noticias ao minuto

O mais recente balanço das autoridades indonésias aponta para pelo menos 436 mortos após o sismo que aconteceu há uma semana no sul da Indonésia

A agência nacional de desastres informou nesta segunda-feira (13) que o terremoto de 05 de agosto matou 436 pessoas, a maioria das quais morreu em edifícios que ruíram.

Dezenas de milhares de casas, mesquitas e empresas ficaram destruídas no sismo de magnitude 6,9 que teve o seu epicentro no norte da ilha de Lombok.

O terremoto destruiu, pelo menos, 67.875 casas, 468 colégios, seis pontes, 15 mesquitas e 13 centros de saúde. Estima-se que haja mais de 13 mil feridos.

+ Vídeo de soldados camaroneses executando 12 pessoas é divulgado na web

A maior parte das estradas no norte de Lombak está destruída, sendo essa a principal dificuldade das autoridades que tentam distribuir comida e medicamentos à população afetada.

Muitos moradores deixaram as habitações para se abrigarem em tendas ou abrigos temporários, sob o calor tropical que assola no verão o arquipélago do sudeste asiático.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, ofereceu a ajuda daquela organização ao país situado no chamado "Anel de Fogo do Pacífico", zona de grande atividade sísmica e vulcânica que regista cerca de sete mil terremotos por ano, na maioria moderados.

Os sismos são classificados segundo a sua magnitude como micro (menos de 2,0), muito pequeno (2,0-2,9), pequeno (3,0-3,9), ligeiro (4,0-4,9), moderado (5,0-5,9), forte (6,0-6,9), grande (7,0-7,9), importante (8,0-8,9), excecional (9,0-9,9) e extremo (superior a 10). Com informações da LusaWeb.

Fonte: Noticias ao minuto

As autoridades acreditam que a única vítima é o homem que roubou a aeronave

Um funcionário da empresa Horizon Air, de 29 anos, roubou, como reporta a imprensa internacional, uma aeronave, um Bombardier Q400, do Aeroporto Internacional de Seattle-Tacoma na noite desta sexta-feira. O avião, depois de ser perseguido por dois F-15 da Força Aérea norte-americana, caiu no estreito de Puget, perto de Seattle.

De acordo com o Seattle Times, ao que tudo indica, a única vítima mortal é o homem que fez o avião, com capacidade para 76 passageiros, decolar sem autorização.

As autoridades americanas acreditam que “não se trata de um incidente terrorista", já que o piloto era mecânico de uma companhia aérea.

Para justificar a queda da aeronave, as autoridades referem que o mecânico não tinha conhecimentos suficientes para pilotar o avião. Ao meio de comunicação americano, o CEO da Horizon Air, Gary Beck, afirmou que ainda era muito cedo para se pronunciar, já que a “companhia aérea ainda estava apurando informações”.

Os voos com partida ou destino do Aeroporto Internacional de Seattle-Tacomaforam foram temporariamente suspensos, mas as operações normais foram retomadas por volta das 21h30 locais.

As imagens da perseguição do avião foram captadas e compartilhadas por utilizadores das redes sociais. Veja o vídeo.

Fonte: Noticias ao minuto

O sismo desta quinta-feira foi de magnitude 5,9; o número de mortos no tremor de domingo chegou a 227

A Ilha turística de Lombok, na Indonésia, foi atingida por mais um terremoto, nesta quinta-feira (9). De acordo com o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS), o tremor registrado foi de magnitude 5,9.

O epicentro do terremoto foi a 10 km de profundidade e a 23 km de Mataram, capital a província, ainda segundo o USGS. No entanto, os serviços indonésios afirmam que o novo tremor teve magnitude 6,2, ocorrido numa profundidade de 12 km.

Sutopo Purwo Nugroho, porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres da Indonésia, disse no Twitter que o tremor desta quinta abalou os edifícios que já estavam quebrados e apavorou as pessoas pelas ruas.

Esse foi terceiro terremoto que acontece no mesmo local em 13 dias. O primeiro foi no dia 28 de julho e o segundo ocorreu em 5 de agosto.

A agência France-Presse afirmou também nesta quinta que o número de mortos do terremoto de domingo (5) chegou a 319.

O número de pessoas hospitalizadas saltou para 1.467 as pessoas, enquanto os desabrigados são 156 mil.

+ Veja como ficou a ilha de Lombok após terremoto destruidor na Indonésia

Por conta de sua localização, no "Anel de Fogo do Oceano Pacífico, a Indonésia é propensa a terremotos. Em dezembro de 2004, um terremoto de magnitude 9,1 na costa de Sumatra provocou um tsunami que matou 230 mil pessoas em vários países.

Fonte: Noticias ao minuto

 

As sanções de hoje atingem o comércio de ouro, metais preciosos, alumínio e aço, a venda de automóveis fabricados

As primeiras sanções dos Estados Unidos (EUA) contra o Irã, após a saída do governo norte-americano do acordo nuclear iraniano, passam a valer a partir desta terça-feira (7). O chamado Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês) estabelecia limites para o enriquecimento de urânio no país.

As sanções de hoje atingem o comércio de ouro, metais preciosos, alumínio e aço, a venda de automóveis fabricados no Irã e transações financeiras relacionadas com o sistema ferroviário iraniano.

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, disse que Washington faz uma “campanha de pressão diplomática e financeira para cortar fundos que o regime usa para enriquecer e apoiar a morte e a destruição”. “Temos a obrigação de exercer pressão máxima sobre a capacidade do regime de gerar e movimentar dinheiro, e vamos fazê-lo”, afirmou em entrevista coletiva.

Acordo

Firmado em 2015, o acordo foi fruto da negociação do Irã e cinco membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas (Estados Unidos, Reino Unido, França, China e Rússia, além da Alemanha, o denominado P5 +1 ). No documento, havia um texto para o estoque de urânio enriquecido do Irã - material utilizado na produção de combustível para reatores, e armas nucleares - durante 15 anos, limitando também o número de centrífugas para enriquecer o material por um período de dez anos. Na época, Teerã se comprometeu a fazer mudanças em um reator de água pesada, para que o equipamento não pudesse produzir plutônio - um substituto para o urânio, utilizado para fabricar bombas.Para retirar os Estados Unidos do acordo, Trump afirmou que ele era “o pior possível” e que não garantia que o Irã tenha diminuído a produção de urânio, ou que não esteja produzindo armas nucleares. Reações

Houve reações do Reino Unido, da França, China e Rússia, além da Alemanha, que assinaram os termos de compromisso, lamentando a saída dos Estados Unidos. A Organização das Nações Unidas (ONU) também rejeitou a decisão.

O anúncio da retomada das sanções a partir de hoje veio poucos dias depois de Trump ter afirmado que estaria disposto a negociar com o Irã para estabelecer o diálogo e melhorar as relações. Guerra

O presidente iraniano, Hassan Rouhani, reagiu de forma rápida. Na PressTV, emissora estatal iraniana, ele disse que o presidente Trump tenta fazer uma guerra psicológica e afirmou ser a favor da diplomacia e das conversas, mas que as negociações precisam ser honestas. “Qual o significado de falar em negociação quando você impõe sanções ao mesmo tempo?, questionou. "É um rival puxando uma faca para esfaquear o inimigo, ao mesmo tempo em que diz que quer conversar”, afirmou. Com informações da Agência Brasil.

Fonte: Noticias ao minuto

Uma jovem desabafou no Facebook após ter sido expulsa por seguranças de um shopping em Mobile (Alabama, EUA) - segundo relato dela - por causa do tamanho do short que ela usava.

A peça jeans de Gabrielle Gibson, de 19 anos, foi considerada "inapropriada". A americana disse ter ouvido de funcionários do Shoppes at Bel Air que "os homens não estavam conseguindo se controlar".

"Para ser honesta, aquilo me humilhou", disse ela ao "Mirror". "Só estava tentando ter um dia agradável e passear pelo shopping", acrescentou.

Gabrielle declarou que o segurança que a abordara afirmou que "estava olhando para a minha bunda e isso era um problema".

A jovem acrescentou ter ouvido que por causa das "coxas grossas" não deveria usar short curto.

"Disse que aquilo não me incomodava e que devia não incomodá-lo, mas então ameaçaram chamar a polícia", contou ela.

A americana postou fotos para mostrar o modelito que a levou a ser expulsa do shopping.

O short da discórdia
O short da discórdia Foto: Reprodução/Facebook
Gabrielle Gibson e o seu short 'inapropriado'
Gabrielle Gibson e o seu short 'inapropriado' Foto: Reprodução/Facebook
 

A administração do Shoppes at Bel Air não se pronunciou.

Professor comprava carros apreendidos pelo governo da Turquia e revendia por preços abaixo do mercado

Um professor da Turquia está sendo acusado de vender o mesmo carro para cerca de 80 pessoas. Entre outros golpes, o homem embolsou quase US$ 10 milhões (cerca de R$ 40 milhões). O professor comprava carros apreendidos pelo governo e os revendia por preços muito abaixo da tabela. Muitos veículos foram de fato entregues a compradores pelo turco, mas num determinado momento ele passou a enganar os potenciais compradores.

Uma vítima alega ter recebido fotos de um carro e pagou quase US$ 200 mil para comprar 23 unidades do tal modelo. Cerca de dez meses depois, sem sinal dos carros, a vítima fez uma denúncia. Com a história a tona, soube-se que o professor mostrou o mesmo veículo para dezenas de pessoas.

Turquia já prendeu homem

O golpista foi preso pela polícia turca e enfrentará um inquérito policial. A investigação ainda não sabe o número total de vítimas, já que muitas não chegaram a registrar queixas contra o professor.

Fonte: Terra

A Ciclosporíase é uma infecção causada pelo protozoário Cyclospora, transmitida por alimentos e água contaminados com fezes.

Ao todo 395 pessoas foram infectadas por surto de Ciclosporíase contraído em saladas do McDonald's. Segundo as autoridades do governo norte-americano responsável pela investigação do caso, surto começou em maio e desde então 19 pessoas foram hospitalizadas com forte infecção em 15 estados dos EUA.

A Ciclosporíase é uma infecção causada pelo protozoário Cyclospora, transmitida por alimentos e água contaminados com fezes. Segundo o centro de controle de doenças e prevenção dos EUA, os pacientes infectados podem enfrentar falta de apetite, vômitos, náusea, fadiga, febre e fortes dores no corpo. Ainda segundo os especialistas a doença pode durar alguns dias, o paciente sente uma melhora, e os sintomas voltam piores depois, a ciclosporíase pode ser tratada com antibióticos.

As autoridades do FDA (US Food and Drug Administration) afirmam que um pacote não utilizado de uma salada fresca de alface e cenoura que foi distribuído para o McDonald's deu positivo para a presença da Cyclospora, embora tenha passado da data de expiração do dia 19 de julho.

Segundo a CNN, o McDonald's afirmou que já retirou todo o mix de saladas dos restaurantes atingidos pelo surto de ciclosporíase, e substituiu com um novo fornecedor.

Fonte: Noticias ao minuto

Um juiz de um tribunal em Cuyahoga (Ohio, EUA) ordenou que a boca de um réu fosse tapada com fita adesiva a fim de que ele parasse de falar sem autorização durante audiência.

Em dezembro, Franklyn Williams, de 32 anos, foi condenado por roubo, sequestro e fraude com cartão de crédito. Nesta semana, ele teve a sentença de 24 anos de prisão proferida pelo juiz John Russo.

Durante a audiência, Franklyn se mostrou agitado, contou o canal Fox8. Após várias advertências ignoradas, ele foi submetido à medida extrema.

"Minha ideia não era silenciar o senhor Williams para sempre. Ele teria tempo para falar quando fosse adequado", disse o magistrado.

Fonte: Extra/globo

 

O motorista de uma carreta que descia uma serra em rodovia em Yunnan (China) perdeu o controle do veículo com a pista molhada, mas conseguiu jogá-lo em uma rampa de escape, criada para fazer com que veículos desgovernados percam velocidade em situações extremas.

O caminhão colidiu com a mureta no fim da rampa e e sua cabine acabou ficando pendurada.

Com o impacto, os dois ocupantes do caminhão foram jogados para fora da cabine. Eles só sobreviveram porque havia uma rede de segurança, que os amparou.

Leia também:

- Policia Militar de Novo Horizonte do Sul prende homem com faca após ameaçaPolicia Militar de Novo Horizonte do Sul prende homem com faca após ameaça

- PREFEITURA DE NOVO HORIZONTE DO SUL ABRE EDITAL PARA VENDA DE TERRENOS NO LOTEAMENTO VILA NOVAPREFEITURA DE NOVO HORIZONTE DO SUL ABRE EDITAL PARA VENDA DE TERRENOS NO LOTEAMENTO VILA NOVA

- NOVO HORIZONTE DO SUL: Chamada pública para aquisição de gêneros alimentícios diretamente da Agricultura Familiar e do Empreendedor Familiar Rural

- NOVO HORIZONTE DO SUL: AutoEscola Nova Aliança presenteia mais uma aluna nota 10

Fonte: Extra/globo

Pagina 1 de 27

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top