Economia (270)

Demanda no setor térmico foi reduzida pela metade no comparativo com 2017

Os relatórios da distribuição de gás natural no primeiro semestre de 2018 revelaram queda no consumo do combustível no Estado. O total fornecido entre janeiro e junho foi o menor volume dos últimos quatro anos, 169,4 milhões de metros cúbicos, e 12% a menos em relação ao mesmo período anterior.

Os números são da Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul (MSGás), que, em 2015, atingiu 515,5 milhões de metros cúbicos distribuídos no primeiro semestre. O total despencou para 179,1 milhões no ano seguinte e subiu para 192,5 milhões em 2017.

O volume fornecido nos seis primeiros meses deste ano foi impactado pela baixa demanda no segmento térmico. O consumo de gás natural na Usina Termelétrica Luís Carlos Prestes, em Três Lagoas, caiu pela metade no comparativo com 2017 – de 123,4 milhões para 61 milhões de metros cúbicos.

O declínio na geração de energia elétrica pela unidade três-lagoense – única do Estado em operação – justifica a baixa necessidade pelo combustível. Segundo dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (Ccee), fornecidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), foram gerados 223,38 megawatts (MW) médios entre janeiro e maio deste ano. No mesmo período do ano passado, a geração foi pelo menos três vezes maior, com 759,31 MW médios.

Leia também:

- Policia Militar de Novo Horizonte do Sul prende homem com faca após ameaçaPolicia Militar de Novo Horizonte do Sul prende homem com faca após ameaça

- PREFEITURA DE NOVO HORIZONTE DO SUL ABRE EDITAL PARA VENDA DE TERRENOS NO LOTEAMENTO VILA NOVAPREFEITURA DE NOVO HORIZONTE DO SUL ABRE EDITAL PARA VENDA DE TERRENOS NO LOTEAMENTO VILA NOVA

- NOVO HORIZONTE DO SUL: Chamada pública para aquisição de gêneros alimentícios diretamente da Agricultura Familiar e do Empreendedor Familiar Rural

- NOVO HORIZONTE DO SUL: AutoEscola Nova Aliança presenteia mais uma aluna nota 10

Fonte: Correio do Estado

Apuração será no dia 10 de agosto; serão sorteados 27 prêmios de R$ 2 mil em RDC, sendo um por agência da Cooperativa

A Sicredi Centro-Sul MS realizará mais um sorteio da campanha promocional “Poupar no Sicredi é Tudo de Bom”. No dia 10 de agosto, serão sorteados 27 prêmios em RDC no valor de R$ 2 mil cada, sendo um por agência da Cooperativa. Além destes, ao longo do ano, os associados, pessoas físicas e jurídicas, que realizarem depósitos em poupança, depósitos a prazo e aplicação em capital social na Cooperativa concorrerão a camionete, carros, moto, viagem, bicicletas, eletrônicos e 27 prêmios de R$ 2 mil. Ao todo, são 97 prêmios que somam R$ 327 mil e serão distribuídos em quatro sorteios durante o ano.

O período de participação da promoção iniciou no dia 2 de abril e segue até o dia 7 de dezembro. A primeira apuração, realizada no dia 15 de junho, entregou 27 caixas de som JBL, Flip 4, e 27 prêmios de R$ 2 mil em depósito em RDC, sendo um de cada, para cada agência da Cooperativa. O segundo sorteio que será realizado no dia 10 de agosto e também distribuirá 27 prêmios em RDC no valor de R$ 2 mil cada, sendo um para cada agência. Já na terceira apuração, que ocorrerá no dia 10 de outubro, serão sorteados um drone DJI, modelo phantom 3, uma moto Honda, modelo CG 125, e um carro Fiat Mobi para todos os participantes da Campanha.

E, no último sorteio, que será realizado no dia 15 de dezembro, será um verdadeiro festival de prêmios, com o sorteio de um micro-ondas Philco, duas bicicletas Caloi, um ar condicionado Electrolux 12.000 BTUS, um Xbox One, um refrigerador Brastemp, um Iphone 8, um notebook Dell, um fogão Brastemp, um voucher de viagem nacional no valor de R$ 5 mil, uma TV LG 65”, um carro Hyundai modelo HB20 e uma camionete GM modelo S10 CD Advantage, para todos os associados participantes de acordo com o regulamento.

Regulamento

Os prêmios são válidos somente para associados da Sicredi Centro-Sul MS que realizarem as aplicações nos produtos participantes. Para garantir os cupons, os associados devem atender alguns critérios nas movimentações contempladas na ação. De acordo com o regulamento, os associados, pessoa física, têm direito a concorrer a cada R$ 5.000,00 mantidos na poupança que dá direito a 1 cupom. A cada aplicação de R$ 150,00 em poupança ganha 1 cupom e aplicações programadas de 12 parcelas de no mínimo R$ 100,00, garantem 3 cupons. Se a aplicação for em depósito a prazo, a cada R$ 5.000,00 dá direito a 1 cupom e se a aplicação for programada em 12 parcelas de no mínimo R$ 1.000,00 cada parcela, vale 3 cupons. A integralização em capital social também garante 1 cupom para o associado.

Já os associados pessoas jurídicas garantem seus cupons a cada aplicação em depósito a prazo de R$ 10.000,00, que vale 1 cupom. Se a aplicação em depósito a prazo for programada em 12 parcelas de no mínimo R$ 2.000,00, o associado tem direito a 3 cupons. Os cupons são cumulativos, mas só serão considerados válidos os depósitos e as aplicações realizados e mantidos até a data de cada sorteio.

Para participar da promoção é necessário a apresentação do comprovante da operação a um colaborador sua agência da Sicredi Centro-Sul MS. O associado deve ainda responder corretamente à pergunta “Qual instituição financeira cooperativa que distribui resultado proporcional à movimentação do associado?”. O regulamento completo está disponível nas agências e também no site www.pouparnosicredietudodebom.com.br. A promoção está aprovada sob o Certificado de Autorização 02.000313/2018.

Sobre a Cooperativa Sicredi Centro-Sul MS

A Sicredi Centro-Sul MS está presente em 23 municípios da região sul do Estado: Amambai, Aral Moreira, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Caarapó, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Dourados (5), Eldorado, Fátima do Sul, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Laguna Carapã, Mundo Novo, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Ponta Porã e Rio Brilhante. Atualmente são mais de 71 mil associados atendidos pela Cooperativa.

Governo reduziu alíquota do imposto sobre o combustível, mas valor de referência terá alta

Quase dois meses após o governo do Estado reduzir por tempo indeterminado a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o diesel em Mato Grosso do Sul — a queda foi de 17% para 12% —, o combustível poderá ficar até 3,62% mais caro no Estado, a partir de 1º de agosto. De acordo com nova tabela do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), publicada nesta terça-feira (25) no Diário Oficial da União, o diesel S-10 terá aumento no valor de referênca a ser aplicado no mercado estadual, passando de R$ 3,4887 para R$ 3,6149, enquanto para o óleo diesel, a alta será de 3,54%, saindo de R$ 3,3837 para R$ 3,5036. As elevações, respectivamente de 12 e 11 centavos por litro, decorrem de reajustes na pauta fiscal dos combustíveis, que não ocorriam desde o início de junho.

Ainda conforme o ato da Comissão Técnica Permanente (Cotepe) do Confaz, apenas dois produtos terão queda no valor de referência em Mato Grosso do Sul: a gasolina comum e o etanol. Seguindo trajetória inversa à do último reajuste, a gasolina comum deve ficar 1,61% mais barata no Estado, chegando ao preço de R$ 4,3727, ante R$ 4,4448, pela pauta fiscal em vigor, uma diferença de sete centavos por litro. No caso do derivado de cana, a redução será de 1,97%, saindo de R$ 3,3305 para R$ 3,2649, ou seis centavos a menos. Já a gasolina aditivada terá aumento de cinco centavos no valor de referência, indo de R$ 5,8355 para R$ 5,8943 (+1,01%).

Fonte: Correio do Estado

A gasolina atingiu o preço máximo de R$ 4,81 nesta semana em Campo Grande. Segundo levantamento feito pela ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o menor valor para o combustível encontrado na Capital foi de R$ 3,99.

O preço considera valores pesquisados pela ANP na semana passada. O preço de R$ 4,81 é um dos maiores já registrados e foi encontrado em um posto de bandeira Petrobras do bairro Jardim Panorama.

No Mato Grosso do Sul, o município de Três Lagoas, a 338 km de Campo Grande, também apresentou altos preços para o combustível. A gasolina foi encontrada pelo valor de até R$ 4,79 e o mínimo foi de R$ 4,29.

á o etanol foi encontrado pelo preço mínimo de R$ 2,89 e chegou a R$ 3,36 em Campo Grande. A Capital teve o menor preço para o combustível, que chegou a ser ofertado por R$ 3,67 em Corumbá.

Preço nas refinarias
A Petrobras anunciou uma redução de 1,79% da gasolina na terça-feira (17) e o preço foi mantido até então. Apenas no mês de julho o combustível acumula alta de 0,64%, já que, no final de junho, era negociado a R$ 1,9486.

Fonte: Midiamax

Projeto faz consumidor pagar prejuízo por furtos, além de reajuste de receita de hidrelétricas

A conta de energia do sul-mato-grossense pode ficar até 20% mais cara a partir do ano que vem. De acordo com um novo estudo realizado pelo Conselho dos Consumidores de Energia Elétrica da Área de Concessão da Energisa-MS (Concen-MS), pode haver aumento de até 17,2% na tarifa caso seja aprovado, na Câmara dos Deputados, o projeto de lei que destrava a venda de seis distribuidoras da Eletrobras e eleva em 64% o incremento a ser pago pelos consumidores de energia elétrica para cobrir o benefício da tarifa social. Além disso, foi aprovado ontem pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) um reajuste de 45,52% na receita anual de geração de 69 usinas hidrelétricas que atuam no regime de cotas. Esta medida vai provocar aumento nas contas de luz entre 0,02% até 3,86%, segundo a Aneel. O impacto médio será de 1,54%. “São tantos reajustes tarifários que o consumidor nem vai entender de onde veio tantos aumentos”, comenta a presidente do Concen-MS, Rosimeire Cecília da Costa.

Em nota pública divulgada ontem, a entidade fez duras críticas a vários pontos do projeto de lei. “Essa medida é entendida como inconcebível por nosso Conselho”, afirmou, em relação ao benefício da tarifa social, que dá isenção do pagamento de contas de luz para famílias de baixa renda. Costa esclarece que a entidade não é contra a concessão do benefício, mas defende que os recursos deveriam sair dos cofres da União e não do bolso do consumidor. “A tarifa social é uma política social de governo que deve ser mantida com recursos do Tesouro Nacional e não ser custeada pela tarifa do serviço de fornecimento de energia elétrica”, questiona.

Segundo o projeto de lei, haveria um incremento de 64% no que os consumidores de energia elétrica terão de pagar para viabilizar a tarifa social. “O montante para cobrir o benefício passará de R$ 2,5 bilhões, em 2018, para R$ 4,1 bilhões, em 2019. Adicionalmente, o pagamento desse benefício se dará através da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) e, portanto, comporá a tarifa dos demais consumidores que estarão sujeitos ao acréscimo de impostos (PIS/COFINS e Imposto de Circulação sobre Mercadorias e Serviços - ICMS). Com este efeito o valor final se eleva para inaceitáveis R$ 5,7 bilhões, mais que dobrando os subsídios atuais”, explica a presidente.

Fonte: Correio do Estado

Sistema lançado pela ANP permite que postos publiquem preços diariamente

O preço da gasolina chega a custar até R$ 4,69 o litro em Mato Grosso do Sul, segundo informações dos próprios postos, disponíveis no Infopreço, novo serviço lançado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) nesta semana, onde os postos revendedores publicam, voluntariamente, os preços cobrados pelos combustíveis. Até o momento, 177 postos espalhados pelo país já se cadastraram, sendo Mato Grosso do Sul o estado com maior número de revendedores disponiveis para consulta.

Os preços mais recentes informados por cada posto de combustível estão acessíveis em uma planilha no site da ANP, que será atualizada diariamente. Além dos preços, constam nome, endereço e CNPJ do posto, além da cidade onde está localizado. A agência ressalta que as informações são cadastradas pelos próprios revendedores, sendo portanto, os valores de responsabilidade de cada posto.

Conforme consulta feita neste sábado (14), entre os 69 postos de Mato Grosso do Sul já cadastrados no sistema, o litro da gasolina mais caro foi verificado em um posto de Rio Brilhante, com o preço de R$ 4,69. Já o valor mais barato é comercializado em Campo Grande, a R$ 4,089.

Com relação ao etanol, preços variam de R$ 2,99, em Campo Grande e Dourados, a R$ 3,49, em Rio Brilhante e Corumbá. Diesel S10 tem preços entre R$ 3,406 (Ribas do Rio Pardo) e R$ 3,839 (Itaporã), enquanto o diesel S500 varia de R$ 3,346, também em Ribas do Rio Pardo, a R$ 3,749 (Itaporã).

Conforme a ANP, o opbjetivo do novo serviço é dar ao consumidor mais uma opção de consulta, além do levantamento de preços divulgado semanalmente pela Agência. Última pesquisa feita pela ANP, divulgada no dia 7 de julho, apontou o preço médio da gasolina no Estado a R$ 4,353 no Estado e R$ 4,266 em Campo Grande.

Para conferir a planilha com todos os preços praticados pelos postos, basta acessar o site da ANP.

Fonte: Correio do Estado

A Petrobras anunciou nesta quarta (4) reajuste de 4,4% no preço do gás de cozinha vendido em botijões de 13 quilos, mais usado por consumidores residenciais.

Segundo a estatal, o aumento reflete a desvalorização do real frente ao dólar, que acumula 16% nos últimos três meses, e a elevação das cotações internacionais de 22% no mesmo período.

O gás vendido em botijões de 13 quilos é reajustado a casa três meses, segundo política iniciada em janeiro com o objetivo de tentar suavizar o repasse ao consumidor das variações das cotações internacionais.

Os novos preços entram em vigor nesta quinta (5). Foi o primeiro aumento desde que a periodicidade trimestral de reajustes foi implantada -em janeiro, houve queda de 5% e em abril, de 4,4%.

Policia Militar de Novo Horizonte do Sul cumpre mandato de prisão

De acordo com a Petrobras, após o aumento desta quinta, o preço do gás ficará ainda 5,2% inferior ao praticado em dezembro.

A alta no preço do gás em 2017 levou cerca de 1,2 milhão de residências brasileiras a adotar combustíveis alternativos como a lenha e o carvão para cozinhar alimentos, de acordo com pesquisa divulgada pelo IBGE em abril.

O aumento incide sobre o preço de refinaria, que passará a ser, em média, R$ 23,10. O preço pago pelo consumidor inclui ainda impostos e margens de lucro de revenda e distribuição.

Fonte: Folha press

Prefeitura Municipal de Novo Horizonte do Sul antecipou o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores públicos do município. O valor foi liberado junto com o pagamento do mês de junho, nesta sexta-feira dia 29.

A iniciativa só foi possível devido ao planejamento orçamentário da prefeitura para este ano, que vem economizando desde o ano passado, garantindo assim o pagamento em dia.

“Mesmo diante da queda de arrecadação e crise orçamentária, desde o início da nossa gestão, temos priorizado a folha de pagamento dos servidores. A antecipação dessa parcela motiva o trabalhador, movimenta a economia e aquece o comércio local”, diz o prefeito Marcilio Alvaro Benedito.

A primeira parcela do 13º dos servidores municipais tem o valor de R$ 304.962,72 (trezentos e quatro mil e novecentos e sessenta e dois reais e setenta e dois centavos) e a folha de pagamento do mês de junho tem o valor de R$ 740.427,53 (setecentos e quarenta mil e quatrocentos e vinte e sete reais e cinquenta e três centavos), totalizando um valor de R$ 1.045.390,25 (um milhão e quarenta e cinco mil e trezentos e noventa reais e vinte e cinco centavos), injetados na economia local.

A Prefeitura fez e continua fazendo esforços para reduzir despesas e preservar o equilíbrio de suas contas. 310 servidores serão beneficiados com o pagamento.

A segunda parcela do benefício está prevista para ser disponibilizada em dezembro de 2018, podendo ser antecipada.

Assessoria

O Sicredi – presente em 22 estados brasileiros e no Distrito Federal – lança sua conta digital. O Woop Sicredi foi desenvolvido para oferecer uma solução financeira cooperativa no ambiente digital para um público conectado e jovem de espírito, que procura resolver suas necessidades financeiras virtualmente, ao mesmo tempo em que colabora para o desenvolvimento da sua comunidade. A solução faz parte da transformação digital do Sicredi, que inclui a substituição progressiva dos sistemas que processam os produtos e serviços (core bancário).

O nome Woop vem de uma interjeição formada por meio da combinação de “wow” e “coop”, criando uma expressão moderna que pretende ser o som do cooperativismo nos ambientes digitais.

Um dos diferencias do Woop Sicredi é aliar inovação digital e cooperativismo, conectando pessoas e propósitos. O associado integra uma cooperativa de crédito do Sicredi, de acordo com a região onde mora, e pode participar - com direito a voto -, de assembleias nas quais acontecem as decisões estratégicas, e da distribuição dos resultados. Assim como os atuais associados do Sicredi, o usuário do Woop Sicredi tem, ao mesmo tempo, o papel de associado e de dono do negócio.

Por meio da solução, o usuário do Woop Sicredi (ou Wooper) poderá acessar informações sobre o desempenho da cooperativa em quesitos como poupança, crédito, número de associados, capital social e resultados estarão disponíveis online. No aplicativo, o Wooper também pode saber mais sobre os conceitos do cooperativismo de crédito, assim como da governança da cooperativa, acessando informações sobre como ela funciona, além de outras informações.

Inicialmente, no Woop Sicredi é possível associar-se e criar uma conta 100% digital, sem papel; ter acesso à conta corrente com pagamentos de contas de consumo e transferências; poupança; limites e créditos; cartão 100% digital; autenticação digital; programa de fidelidade e organizador financeiro. Baseado no desenvolvimento por meio de metodologia ágil, o Woop Sicredi vai gradualmente integrar novas funcionalidades. Para associar-se ao Woop Sicredi, assim como acontece na associação presencial às cooperativas que formam o Sicredi, é necessário integralizar um valor no capital social da cooperativa.

Outra facilidade do Woop Sicredi é o seu programa de fidelidade, com o qual o Wooper acumula valores (Mooedas) a partir do uso do cartão de crédito e pode usar esses valores diretamente em pagamentos como, por exemplo, o da cesta de relacionamento e outros relacionados à conta corrente. O aplicativo também disponibiliza um organizador financeiro, ferramenta que auxilia na organização e gestão da vida financeira do associado.

O Woop Sicredi é baseado no conceito de autosserviço e conta com diversos canais de atendimento digital como chat; videochamada; e-mail; redes sociais; FAQ, entre outros. Para baixar o Woop Sicredi, é só acessar as lojas de aplicativos dos sistemas Android e iOS ou o endereço www.woopsicredi.com.

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,7 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com 1.500 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br.

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

O Sicredi – presente em 22 estados brasileiros e no Distrito Federal – lança sua conta digital. O Woop Sicredi foi desenvolvido para oferecer uma solução financeira cooperativa no ambiente digital para um público conectado e jovem de espírito, que procura resolver suas necessidades financeiras virtualmente, ao mesmo tempo em que colabora para o desenvolvimento da sua comunidade. A solução faz parte da transformação digital do Sicredi, que inclui a substituição progressiva dos sistemas que processam os produtos e serviços (core bancário).

O nome Woop vem de uma interjeição formada por meio da combinação de “wow” e “coop”, criando uma expressão moderna que pretende ser o som do cooperativismo nos ambientes digitais.

Um dos diferencias do Woop Sicredi é aliar inovação digital e cooperativismo, conectando pessoas e propósitos. O associado integra uma cooperativa de crédito do Sicredi, de acordo com a região onde mora, e pode participar - com direito a voto -, de assembleias nas quais acontecem as decisões estratégicas, e da distribuição dos resultados. Assim como os atuais associados do Sicredi, o usuário do Woop Sicredi tem, ao mesmo tempo, o papel de associado e de dono do negócio.

Por meio da solução, o usuário do Woop Sicredi (ou Wooper) poderá acessar informações sobre o desempenho da cooperativa em quesitos como poupança, crédito, número de associados, capital social e resultados estarão disponíveis online. No aplicativo, o Wooper também pode saber mais sobre os conceitos do cooperativismo de crédito, assim como da governança da cooperativa, acessando informações sobre como ela funciona, além de outras informações.

Inicialmente, no Woop Sicredi é possível associar-se e criar uma conta 100% digital, sem papel; ter acesso à conta corrente com pagamentos de contas de consumo e transferências; poupança; limites e créditos; cartão 100% digital; autenticação digital; programa de fidelidade e organizador financeiro. Baseado no desenvolvimento por meio de metodologia ágil, o Woop Sicredi vai gradualmente integrar novas funcionalidades. Para associar-se ao Woop Sicredi, assim como acontece na associação presencial às cooperativas que formam o Sicredi, é necessário integralizar um valor no capital social da cooperativa.

Outra facilidade do Woop Sicredi é o seu programa de fidelidade, com o qual o Wooper acumula valores (Mooedas) a partir do uso do cartão de crédito e pode usar esses valores diretamente em pagamentos como, por exemplo, o da cesta de relacionamento e outros relacionados à conta corrente. O aplicativo também disponibiliza um organizador financeiro, ferramenta que auxilia na organização e gestão da vida financeira do associado.

O Woop Sicredi é baseado no conceito de autosserviço e conta com diversos canais de atendimento digital como chat; videochamada; e-mail; redes sociais; FAQ, entre outros. Para baixar o Woop Sicredi, é só acessar as lojas de aplicativos dos sistemas Android e iOS ou o endereço www.woopsicredi.com.

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,7 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com 1.500 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br.

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Pagina 3 de 20

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top