Televisão (113)

Renato (Rafael Cardoso) e Fabiana (Fernanda Rodrigues) se casam para destruir Clara (Bianca Bin) em “O outro lado do paraíso”. Durante conversa, o médico descobre como a ex-noiva ficou rica, já que a amante, sem saber do seu interesse, conta que está falida e à procura "de uma moça que se fingiu de doméstica e retirou da minha casa telas importantes, de grandes pintores". "Eu não sabia da existência destas telas. Quando as coisas começaram a piorar, tive que vender vários quadros que me pertenciam, herança de meus avós. Verifiquei recibo por recibo de compra, porque precisei autenticar algumas obras. E no meio de tudo, descobri as pinturas. Fiquei louca, valiam milhões. Um dia abri um site de leilões internacionais e descobri. Foram vendidas para uma galeria internacional e leiloadas. Verifiquei tudo, tinha contato com galeristas internacionais. Quem vendeu as telas foi essa moça", conta Fabiana.

Renato, então, pergunta como a tal mulher levou as telas. "Não sei. Suponho. Minha casa é imensa. Descobri que no closet havia um esconderijo, com arranhaduras. Alguém havia tirado alguma coisa de lá. Só podiam ser as pinturas. Mas minha casa tem câmeras, como saiu sem eu saber? Então lembrei. Minha filha viu quando a moça saiu com a mala e nem desconfiei. Pediu demissão no dia seguinte. Óbvio, depois de roubar uma fortuna", constata a madame, que continua: "É mais complicado que isso. Segundo a galeria, ela apresentou papéis para comprovar a posse. Mas minha avó estava louca na época, internada num hospício. Tenho que descobrir onde essa moça está e aí, sim, eu processo. Tomo tudo que é dela."

Após um tempo juntos, a madame quer saber o que de fato eles são um para o outro. "O que você quer afinal? Estamos tendo esse caso, e é ótimo. Mas já durou mais que um dos meus casamentos! Chegou a hora de saber se vamos para algum lugar", indaga. "Pra mim é óbvio. Vamos casar. Tantos meses juntos foram suficientes pra gente se conhecer. É hora de tomar uma decisão", decreta. Fabiana afirma que sabia que tinha sido alvo dele, que o médico a procurou com a intenção de se casar. "Eu não vou casar, porque não pretendo fazer a loucura de dividir o que ainda me resta com você. Nem com ninguém", garante.

O médico sugere que eles se casem em comunhão parcial de bens. Fabiana gosta da proposta, mas pergunta o que ele quer com esse casamento. "Assegurar minha parte. Do dinheiro que vai ganhar. Eu posso te deixar rica. Mas quero metade pra mim. O casamento garante minha parte. E acho que vamos nos dar bem, casados. Sei que podia estar rica, se aquela moça não tivesse levado as pinturas, que deviam estar na tua casa", diz o doutor. "Três pinturas que valem milhões. Um ToulouseLautrec, um Renoir, um Monet. E que me pertenciam. Mas eu nunca mais encontrei essa...safada que se passou por empregada doméstica para dilapidar meu patrimônio", lamenta a dondoca. "A Clara", diz Renato, surpreendendo Fabiana, que nunca tinha falado o nome da ex-empregada. "É Clara sim. Eu sei onde ela tá. Mas só digo depois de casar comigo, pra eu garantir minha parte. Agora diga. Aceita casar? Você, e só você, pode tomar todo dinheiro da Clara. Aceita?", propõe.

Fabiana faz um carinho no amante e diz que ele é seu troféu. "Conheço um advogado. Pode fazer nosso contrato de casamento. No civil. Tem certeza que podemos tomar o dinheiro da Clara?", indaga a loura. "Você mesma disse que se soubesse onde ela tava, ia processar", diz Renato. "Obvio que vou processar. Noivos?", pergunta a madame, recebendo um beijo de confirmação do vilão.

Os malvados se casam e já planejam os proximos passos para a destruição de Clara. "Quanto mais documentos a gente tiver, melhor. Precisamos provar que a Clara vendeu as telas no mercado internacional. Acredita que consegue uma cópia dos documentos de venda, com os valores?", indaga o médico. "Fiquei próxima dos compradores dessa galeria, onde ela vendeu as telas. Eu consigo, só que vai demorar algum tempo. Até eu falar com eles, eles conversarem entre si...uns dois meses", avalia Fabiana.

Após um certo tempo, Renato quer saber se a mulher já recebeu resposta sobre a aquisição dos documentos fornecidos pela galeria que comprou as telas de Clara. "Só assim pra provar a origem da fortuna da Clara", constat o médico. "Depois, provamos que ela roubou as telas de mim. Será que a gente consegue botar a Clara na cadeia?", pergunta a loura. "Isso não sei. Mas tomar a grana dela, a gente toma", garante o doutor.

Então, a documentação chega nas mãos da madame, que exulta de felicidade. "Esses documentos provam, sem sombra de dúvida, que a Clara vendeu as telas que me pertenciam. Sabe quem ajudou?", indaga ela. "Vamos ver se adivinho...Patrick Junqueira", responde Renato. "Meu primo. Como sabia?", pergunta Fabiana. O médico, então conta que o advogado está morando na casa de Clara. "O importante não é o Patrick. Mas o dinheiro. Com esses documentos, a gente processa a Clara e tira tudo dela.Tá na hora de voltar pra Palmas", afirma Renato, revelando o paradeiro da ex-noiva. "Palmas... Eu vou adorar reencontrar a Clara!", diz a loura, com ar de vitória.

Fonte: Extra

 

E com a revelação de que Renato (Rafael Cardoso) é o grande vilão de “O outro lado do paraíso”, resta a Gael (Sergio Guizé) se transformar num mocinho para lutar pelo coração de Clara (Bianca Bin). Para isso, ele se alia a ela contra Sophia (Marieta Severo).

Gael procura a ex-mulher e conta a ela que Sophia pretende vender uma esmeralda gigante para um comprador estrangeiro de forma ilegal. Clara aparece lá com a polícia, que apreende a joia e lhe aplica uma multa. Sophia, que não é presa, diz que Clara vai pagar por isso. "Está contente, Clara? Queria me prejudicar e conseguiu. Apreensão, multa. Fica me devendo essa", fala. "Não, Sophia. Você é que me deve muitas. Ainda vai ter o que merece", responde Clara, satisfeita.

Fonte: Extra

 

O primeiro cliente de Cleo (Giovana Cordeiro) no bordel, em “O outro lado do paraíso”, é Xodó (Anderson Tomazini). No capítulo desta quinta-feira, a neta de Mercedes (Fernanda Montenegro) faz sua estreia como garota de programa. Antes da transa começar, o garimpeiro elogia a beleza da morena, que, por sua vez, não esconde seu romantismo.

“Cê é linda demais”, diz Xodó. “Eu não sei como começar”, admite a jovem, visivelmente perdida diante da situação. “A gente começa começando. Diz que é o tipo de coisa que a gente já nasce sabendo”, comenta o garimpeiro. “Me beija”, pede ela. “Não sou de beijar, moça. Beijo é muito íntimo”, avisa o funcionário de Sophia (Marieta Severo).

Diante da recusa de Xodó, Cleo explica o motivo do seu pedido: “Mas eu nunca fiz...sem beijar. Tou com vergonha”. “Preocupa não. Se é importante pra você, eu beijo”, rende-se o garimpeiro. “Por favor”, agradece a neta de Mercedes. “Vou até gostar”, aposta ele.

Fonte: Extra

Atriz estaria só esperando terminarem as gravações, diz colunista

O Assunto nos bastidores da novela “Deus Salve o Rei” é que Bruna Marquezine estaria esperando apenas o fim das gravações para se mudar para Paris, segundo o colunista Flávio Ricco.

Nas redes sociais, a atriz de 22 anos sempre comenta da distância que a separa do namorado, o jogador Neymar.

De acordo com o colunista do UOL, enquanto amigos próximos apostam nessa mudança de ares, ela retomará expediente da novela a partir de quarta-feira. Bruna trabalha na Globo desde 2002.

Fonte: Noticias ao minuto

Sophia (Marieta Severo) vai estragar os planos de Mariano (Juliano Cazarré) na novela "O Outro Lado do Paraíso". Ao descobrir que o ex-amante em quem deu beijo para estragar o namoro com Lívia (Grazi Massafera) pretende fugir com sua filha adotiva, ela coloca a polícia atrás deles e encontra não só o neto, Tomaz (Vitor Figueiredo), que dedura todo plano, como também a esmeralda gigante que o líder dos garimpeiros vinha escondendo na mina.

Mariano fala da fuga com Lívia, que prepara Tomaz para 'viagem'
Segundo o portal "Observatório da Televisão", a mau-caráter desconfia do comportamento de Mariano e Valdo (Alexandre Rodrigues) e pede que Zé Victor (Rafael Losso) vigie os demais funcionários para saber o que estão escondendo. Enquanto isso, o garimpeiro responsável por salvar a vida de Vinícius (Flávio Tolezani) em explosão planeja com o amigo o dia ideal para tirar a pedra preciosa do local e entregar para Amaro (Pedro Carvalho) vendê-la. Mariano deixa a namorada - adotada pela vilã após a morte dos pais biológicos - avisada sobre a viagem e ela logo prepara o filho de Gael (Sergio Guizé) para uma "viagem", o orientando a não falar nada com a avó.

'Dou um nó na Sophia. Vou embora com meu amor'
O que Lívia não espera é que o herdeiro das esmeraldas, sem maldade, comenta com o pai sobre a viagem secreta de última hora, e logo corre para contar para a mulher que o espancava usando um pedaço de madeira. Sophia, então, informa a polícia sobre a fuga e fala para Zé Victor não abandonar a vigilância. "Continua de olho. Eu tenho informações. Mariano vai fugir hoje à noite", conta ela. Acreditando que a ex-amante não desconfia de nada, o homem diz para Valdo: "A gente não podia ter maior sorte. Vai todo mundo pra despedida de solteiro do Juvenal (Anderson Di Rizzi). Nós vai, fica um pouco e volta. E sobe a pedra sem ninguém ver". "Tá certo. Mas a gente fica um pouco pra disfarçar", fala o funcionário do garimpo. "É isso. Dessa vez eu dou um nó na Sophia. Vou embora com meu amor", promete Mariano.

Sophia encontra esmeralda gigante e chantageia Mariano
Assim que o amante pega a estrada com Lívia e Tomaz, Sophia informa Bruno e ele direciona seus homens para a ocorrência. "Nicolau (Alejandro Claveaux), chama mais alguém e toca pra viatura", manda a autoridade. "Delegado, espero que dê uma lição na Lívia... E no namorado dela. Eu sei que foi ele quem teve a ideia de fugir", afirma a madame que já foi presa por Bruno ao desacatá-lo. A polícia consegue capturar os fujões, mas Mariano é liberado pelo delegado a pedido de Sophia. No lugar da cela, ele é encaminhado para a casa da família rica e muito bem recebido pela assassina que, questionada por Lívia, diz estar interessada somente em Tomaz. "As esmeraldas estão no nome dele. Não podia deixar que desaparecessem com o moleque", garante. Mas, em seguida, ela pede que Mariano abra a mala do veículo usado na tentativa de fuga. "Lívia, aquilo é uma esmeralda gigante, com certeza", fala, admirando a pedra preciosa. "Cê sabia de tudo o tempo todo?", questiona o garimpeiro, que é colocado contra a parede por Sophia: "Agora, Mariano, ou entrega a esmeralda... Ou te acuso de roubo. Te boto na cadeia. É o que prefere?"

Fonte: MSN

Laura (Bella Piero), em “O outro lado do paraíso”, conta a Rafael (Igor Angelokorte) que foi abusada sexualmente por Vinícius (Flávio Tolezani) na infância. O passado vem à tona para a jovem após fazer uma sessão de hipnose com Adriana (Julia Dalavia). Essa cena está prevista para ir ao ar nesta sexta-feira.

“Agora que a porta se abriu, vem uma avalanche de memórias. Uma avalanche. Não foi só uma vez, nem duas. Foram muitas”, recorda Laura. “Tua mãe não percebia?”, pergunta Rafael. “Não sei como não percebeu. Ele me agarrava. Machucava. Eu me lembro de meu corpo coberto de manchas roxas”, diz a amiga de Clara (Bianca Bin). “Mas nunca contou pra tua mãe?”, questiona o médico. “Ele dizia...dizia que me matava se eu contasse...eu tinha medo...ele dizia que ia me bater tanto até eu morrer...eu ainda tenho medo...tanto medo”, desabafa ela.

Carinhoso, Rafael apoia Laura: “Eu te protejo”. “Me ajuda. Me ajuda!”, pede a jovem. “Não tem que ter mais medo. Eu tou aqui, Laura. Tou aqui”, frisa o médico.

Fonte: Extra

Um dos momentos mais esperados em “O outro lado do paraíso” já foi gravado e a sequência promete ser muito emocionante. É quando Laura (Bella Piero) vai à delegacia para prestar queixa e denunciar o padrasto, Vinícius (Flavio Tolezani), por abuso. A menina, no entanto, é surpreendida pela chegada dele, que nega as acusações e pressiona Bruno (Caio Paduan) para não acolher a denúncia. O delegado nega as acusações e ao ver Laura chorando, descontrolada, ele acusa a enteada de estar fora de si. Rafael (Igor Angelkorte) se irrita e parte para cima do padastro da mulher e é contido por Patrick (Thiago Fragoso). Bruno diz que é seu dever acolher a denúncia e Laura diz que Vinícius é um monstro.

Morte na cadeia

Dez dias depois dessa denúncia, Vinícius acaba morrendo esfaqueado na cadeia. Antes disso, o delegado responde ao processo por assédio e é condenado. A essa altura, Lorena (Sandra Corveloni) já terá percebido o verdadeiro caráter do marido.

Sem perdão

Walcyr Carrasco explica a decisão de matar o delegado dez dias depois de ele ser desmascarado. “Foi um desenvolvimento de personagem sensacional, o que contraditoriamente torna impossível sua continuação na história. Quem o perdoaria, depois do que fez?”.

Lorena vai embora

Com a morte do marido, Lorena também deixa a novela. Ela decide ir embora e diz à filha que não aguentará viver numa casa cheia de má recordação. Lorena aceita a proposta de Aldo, o pai de sua filha, que oferece a ela um emprego em sua empesa em São Paulo.

Fonte: Extra

O olhar de Clara (Bianca Bin), transbordando de ódio, será direcionado a Sophia (Marieta Severo) em “O outro lado do paraíso”. A mocinha não consegue a guarda de Tomaz (Victor Figueiredo), porque o juiz Gustavo (Luis Melo), mancomunado com a megera, desconsidera todas as alegações de Patrick (Thiago Fragoso) e deixa o menino sob os cuidados da avó. Inclusive, tira Gael (Sérgio Guizé) da divisão da guarda. Para Clara, arrasada com a decisão, resta apenas a visitação ao filho, supervisionada, uma vez por semana.

Fonte: Extra

Rato (Cesar Ferrario) resolve extorquir Sophia (Marieta Severo) em “O outro lado do paraíso”.

Rato (Cesar Ferrario) resolve extorquir Sophia (Marieta Severo) em “O outro lado do paraíso”. O capanga ameaça contar todos os crimes que ela cometeu ou que ordenou fazer caso a vilã não o deixe bem de vida.

"É muito simples. Eu passei todos esses anos cometendo os crimes pela senhora. Até a juíza atropelei. Daí que sempre ganhei merreca. Me arrisco e fico com as sobras. Dona Sophia matou aquela prostituta a tesourada. Aposto que acabou com o Laerte do mesmo jeito. Eu prometi sumir com o lençol, a tesoura que matou a moça. As pistas. Mas não queimei. Suas digitais estão lá”, lembra ele.

A vilã quer saber o que ele quer. Rato diz que está apaixonado e quer dinheiro para comprar uma fazenda de soja. “É muito dinheiro!”, brada Sophia. “Prefere que eu bata com a língua nos dentes?”, rebate ele. Sophia tenta dissuadi-lo. "Se fizer isso, vai ser preso como cúmplice. Posso falar do atropelamento", joga ela. "Só vai se enrolar mais. Faço a caveira da senhora. Quero esse dinheiro. Em troca, eu sumo e deixo as provas na tua mão”, garante Rato, selando acordo com Sophia.

Fonte: Extra

Sophia (Marieta Severo) tira Lívia (Grazi Massafera) do caminho de Mariano (Juliano Cazarré) como um rolo compressor, em “O outro lado do paraíso”. Após revelar que é sua mãe adotiva e nunca ter sentido amor pela loura, ela avisa: “Continue com o Mariano e te ponho pra fora de casa. Fome não vai passar, tem uma pequena participação na produção da mina. Mas eu uso o direito de guarda. Eu te proíbo de ver o moleque”.

Lívia implora para que a vilã não lhe tire Tomaz (Victor Figueiredo). "Você é uma pessoa horrorosa", brada a loura. "Já fiz muito de ter te aceitado como filha. Só não quero que tome meu homem. Quer ficar com o menino? Desista do Mariano", ameaça. Aos prantos, Lívia avisa que vai procurar Mariano e dizer que tudo está acabado. "Melhor assim. Agora saia do meu quarto. Já me cansei de falar com você", ordena a vilã.

Arrasada, Lívia termina com Mariano. “Te amo, só não posso mais ficar com você. Sophia me fez ameaças. Não me procure mais”, diz a bela, chorando. Mais tarde, a malvada vai conversar com o amante e confessa que armou o beijo para que a filha visse. "O impacto de um beijo é maior que de uma conversa. Ou melhor, depois tive uma boa conversa com a Lívia. Muito boa mesmo", diz, sarcástica.

Mariano disse que teve ter sido tão boa que a fez desistir dele. "Ela botou as mãos na consciência. Como uma filha pode competir com a mãe num caso amoroso?", indaga Sophia, que completa. "Mariano, estamos no vai e vem faz anos. Eu não vou abrir mão de você". O garimpeiro pede que a dona das minas lhe dê paz, mas ela garante que isso não está em seus planos. "Mariano...pode tentar arrumar a mulher que quiser. Eu tiro do caminho", gaba-se.

O garimpeiro, ao ficar sozinho, chama Sophia de demônia e decreta para si mesmo: "Eu vou levar a Lívia embora comigo...e até o filho dela também. Eu vou me livrar da Sophia".

Fonte: Extra

Pagina 1 de 9

Salvar

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top